segunda-feira, 17 de julho de 2017

Há ausência

Ali, na minha terra que está a arder, não há eucaliptos. Há pinheiros, carvalhos, vinhas, amendoeiras, oliveiras... Há, claro, algumas terras abandonadas, sem gente, mas também há terras produtivas e cultivadas. Há verão e calor. Há criminosos por ação e outros por omissão. Há desculpas dos (ir)responsáveis e novos palpites dos especialistas. Há desgoverno. Há ausência.

(Google Earth)

2 comentários:

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!