sexta-feira, 16 de junho de 2017

Paolo Conte: Aguaplano.

Dei conta, numa destas viagens noturnas de carro que tenho feito ultimamente, que nunca partilhei aqui canções de Paolo Conte (Asti, 1937). Como é possível? O homem representa um terço do total de música que ouço regularmente... Grandissimo Maestro!



E dove c'è un piano
Intorno c'è sempre gente che fa baccano.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!