terça-feira, 27 de junho de 2017

Chegou o diabo, e é nojento

Não via coisa tão nojenta desde o (fictício) slogan «Não votes no escuro, vota pelo Seguro!», que alguns militantes usavam, à boca pequena, nas eleições internas do Partido Socialista, em 2014.



2 comentários:

  1. E que tal achou, nesta época quente e pré-autárquica, a segunda inventona? A dos suicídios, que não houve...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que se encontrou o bode coiso. Afinal, estamos todos de consciência tranquila, porque o Passos tem muito que explicar, o que dispensa o Costa de o fazer. E, quando aparecerem os homicídios por negligência, e até um ou outro suicídio, será Passos o culpado. Mas é assim, Portugal.

      Eliminar

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!