quarta-feira, 22 de março de 2017

Parece uma feira de gado!

Os países do sul da Europa ficaram indignados com as palavras do político holandês, que até nem foi muito específico na geografia do que disse. Os portugueses, então, foram aos arames e sentiram-se ultrajados, enfiando imediatamente o barrete e respondendo com o nível que lhes conhecemos, na imprensa, em privado e na praça pública. O senhor Santos Silva, o ministro dos negócios estrangeiros, fez ecoar o repúdio português pela cena internacional, dizendo que "São declarações muito infelizes e, do ponto de vista português, absolutamente inaceitáveis. Há, por um lado, o aspeto de uma graçola que usa termos que hoje já não são concebíveis, essa ideia de gente que anda a gastar dinheiro com vinho e mulheres é uma forma de expressão que, com toda a certeza, não é própria de um ministro das Finanças europeu. Está manifesto que o senhor Djisselbloem não tem nenhumas condições para permanecer a frente do Eurogrupo".
O Linguado soube, no entanto, que o aparentemente urbano Santos Silva rejubilou com as palavras do seu companheiro de luta por um socialismo europeu mais liberal e lhe enviou uma nota pessoal: "Ó Jeroem, és o maior! Grande presidente… Isto é mesmo uma feira de gado!"

 
(Público)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!