quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Us and them: o mundo cor-de-rosa


Por cá, temos o "erro de perceção mútua". Eles têm os "factos alternativos". Aqui, os responsáveis políticos contradizem-se todos os dias, enquanto remendam trapalhadas. No governo deles reina o caos. Os nossos políticos esfaqueiam-se por interpostos SMS. Lá, criticam-se abertamente no Twitter. Aqui, os ministros e os secretários de estado mentem e vendem-se, mas aguentam-se alegremente, bem protegidos. Lá, mentem e vendem-se, mas são continuamente atacados e demitem-se, ou são demitidos, com frequência. Nós somos diariamente presenteados com mais um contrato, um acordo, um negócio, com amigos. Lá, o presidente promove a marca de roupas da filha. Por aqui, os políticos confundem-se com os administradores da CGD e do BES. Por lá, com o Goldman Sachs.

Mas a grande diferença é esta: nós temos um governo, uma maioria, um presidente, sem mais controlo, pois os juízes preocupam-se com a progressão na carreira e a imprensa vende mais no meio do lodo; eles têm um sistema judicial que escrutina a legalidade das coisas e uma imprensa exigente. Os americanos, esses que qualquer português analfabeto considera uns grunhos, têm uma democracia e um povo que se ergue. Os portugueses têm compadres que se entendem no meio de uma paisagem bovina de cornos mansos.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!