terça-feira, 29 de novembro de 2016

Quem não gosta de Brahams?

Como proposta musical para hoje temos, em tripla versão, o terceiro movimento (poco allegretto) da Terceira Sinfonia de Johannes Brahams.

Primeiro, com a hr-Sinfonieorchester (de Francoforte do Meno, na Alemanha), aqui dirigida pelo belga Philippe Herreweghe, em 2013.


Segundo, com Jane Birkin a cantar Baby alone in Babylone (1983), uma canção que Serge Gainsbourg escreveu para ela. Tenho um fraquinho pela Jane, a antiga e a que vi, há poucos anos, aqui na Casa da Música.


Terceiro, com Diahann Carroll, na canção (de Georges Auric e Dory Langdon) que dá título a um filme de Anatole Litvak: Goodbye again /Aimez-vous Brahms? (1961), a partir de um livro de Françoise Sagan (no vídeo temos ainda Love is just a word, dos mesmos autores).

(Neste caso, confesso que hesitei entre esta canção e a versão em francês, Quand tu dors près de moi, cuja letra é da própria Françoise Sagan. Mas essa já foi cantada por muita gente, incluindo Yves Montand e Anthony Perkins, as estrelas masculinas do filme - acompanhando Ingrid Bergman).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!