segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Muros

Muros, valas, arame farpado, mares patrulhados por tropas ou polícias... São fronteiras vergonhosas, para impedir que pessoas pobres, desesperadas, as atravessem em busca de uma vida melhor. Há muitas. No Mediterrâneo, em volta de Ceuta ou Melilla, na fronteira do México com os Estados Unidos (sim, existe, e Clinton e Obama são responsáveis por uma boa parte).
Mas, nos dias que correm, parece que o único muro lamentável é o que Donald Trump disse que ia mandar construir.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!