segunda-feira, 10 de outubro de 2016

RegUberLamentação


O pequeno Noddy, que gosta de levar os amigos no seu táxi amarelo, não é muito parecido com o taxista lisboeta que acabo de ver gritar, escondido na multidão e atrás das palavras de um deputado fala-barato do Partido Comunista, que o primeiro-ministro é "escurinho". É por essas coisas que os taxistas já perderam a luta.
-----xxxx----
Também acabo de ver o meu amigo João Pedro a atrapalhar-se no meio de uma conversa sobre contingentação e sobre regulamentar as plataformas digitais de serviço de transporte de passageiros. Hoje regulamenta-se e legisla-se, amanhã, quando aparecer um serviço que não se enquadra na regulamentação e na legislação, regulamenta-se e legisla-se de novo. É por essas coisas que os portugueses já perderam a luta.
-----xxxx----
O caminho português é o de regulamentar e legislar. Podia ser o outro, o meu preferido: desregulamentar e «descontingentar» a atividade dos táxis e deixar as pessoas escolher o serviço que preferem.
-----xxxx----
Os videoclubes e o VHS também mataram o cinema, como sabemos. As pomadas Búfalo mataram os engraxadores. E até o Noddy deixou a atividade de taxista e agora é detetive e trabalha com o senhor Lei (autêntico).




Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!