quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Exaltação nacional

Quis Deus que fosse precisamente no dia em que há um feriado dedicado aos vereadores da Câmara Municipal de Lisboa e foi inaugurado um novo Museu na capital (filantropicamente doado por uma das nossas sanguessugas favoritas), que se soube que António Guterres foi pré-designado, por um pequeno diretório de países poderosos, como futuro secretário-geral da ONU.
Durão Barroso já o felicitou, Jorge Sampaio também já começou a fazê-lo, Rebelo de Sousa comentou positivamente, o governo reclamou louros pelo feito e, diz a imprensa, até o Sport de Lisboa rejubilou. É uma grande distinção para Portugal, dizem todos.
O Linguado, apesar de ter as maiores reservas sobre a pessoa em si e de estar apreensivo quanto ao futuro da ONU, junta-se humildemente à celebração e deseja que Guterres seja um sucessor digno do tailandês Ban e do senegalês Morgan Freeman, os anteriores SG.


(E, claro, faz a pergunta que todos fazem: levará a Angelina como adjunta?)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!