sábado, 9 de julho de 2016

Não é por «ter», é por «ser».

Não, senhor Barroso, o senhor não é criticado por ter ou não ter cão. É criticado por ser cão.


2 comentários:

  1. O problema é que ele pode passar a morder-nos, ainda mais...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, é deixá-lo ladrar. Cão que ladra...

      Eliminar

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!