terça-feira, 14 de junho de 2016

Onde estão os Malheiros de hoje?

Há poucos anos, Passos Coelho, cinicamente, mandou os professores emigrar. Aquele país que existe nas páginas dos jornais e nos sindicalistas comunistas transformou-se num imenso José Vítor Malheiros (*), e Passos foi crucificado.


Há dois dias, António Costa mandou os professores emigrar: mais cool não podia ser! Que visão, que humanismo... Onde estarão os Malheiros de agora? Emigraram, certamente...



Bardamerda!

-----------------
(*) Não encontrei figura mais representativa da esterqueira do que este quase desconhecido jornalista-opinador-político.

2 comentários:

  1. De um Malheiro sei eu onde está. Mas está calado e quieto, há muito tempo: é o Carlos Malheiro Dias, autor de "A Paixão de Maria do Céu". Jaz no cemitério da Atouguia, em Guimarães. Em Jazigo sumptuoso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E há também o famigerado João Malheiro, autor de C**a d'Aço.
      Infelizmente, os Malheiros bons jazem algures...

      Eliminar

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!