segunda-feira, 13 de junho de 2016

«– no Brasil, ao menos, os bairros de lata têm sol».

Foto: Daniel Rocha - Público
«– no Brasil, ao menos, os bairros de lata têm sol».

Isto disse o francês Christophe Fonseca, realizador do documentário Amadeo de Souza Cardoso: o último segredo da Arte Moderna, ao Público. Filho de emigrante português que viveu na bidonville de Champagne, disse-o com espanto pelo feito dos emigrantes portugueses em França: «Acho que nunca se fez nada de igual. Como é que este povo veio para um país distante, sem falar a língua, sem condições nenhumas, sem condições sociais, debaixo de neve – »

Mas a frase, só por si, estranha-se. Afinal, sol é coisa que não falta na Síria, no Mali, na Somália...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!