quinta-feira, 23 de junho de 2016

Mais crimes sem castigo?


Com tanta elite e arraia-miúda preocupada com o lavar de roupa suja e com tanto opinador cheio de certezas, creio que a tal comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos é, efetivamente, supérflua. Aquilo tem sido um antro de comprovados criminosos, instrumento e palco de execráveis atos fora-da-lei. Trate-se então o caso como tal: constituam-se arguidos e interroguem-se nos calabouços da PJ todos os que por lá passaram, os que mandaram neles, os que são publicamente acusados e os que os acusam, que parecem saber mais do que dizem.

Posto isso, vamos ao que interessa: que raio de maquinações andam a fazer AGORA na CGD, às ocultas, o governo e os DDT? Estarão na forja novos crimes que, como os outros, passarão impunes?



Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!