sexta-feira, 20 de maio de 2016

Vamos elevar o nível, seus ovos de tentilhão deformados!

http://insult.dream40.org/

Para elevar o nível do debate público em Portugal é fundamental dar alguma classe aos insultos, porque, em Portugal, tudo o que não for debatido com insinuações ou acusações mais ou menos grosseiras é conversa de maricas. Para isso há dois caminhos: contar até 4237 antes de reagir; ou usar da erudição, citando alguns clássicos da Literatura.
O primeiro caminho é para totós bem intencionados. O segundo para as pessoas com nível.
(Atenção: nunca combinar as duas coisas. Nada pior do que reagir tardiamente com um veemente "Vossa Excelência é uma sanguessuga indolente", quando toda a gente já estiver a falar de outra coisa).


http://www.zoglu.net/haddock/index.php

Os estrangeiros, as pessoas mesmo cultas ou os que viajam muito e, por isso, se veem obrigados a usar línguas estrangeiras com frequência, têm a vida facilitada com os úteis geradores de insultos que hoje vos trago aqui: Shakespeare para o mundo anglófono, Haddock para os francófonos (basta clicar na imagem respetiva). Em português, não conheço, mas não faltaria matéria-prima. Quem se abalança num gerador de insultos de Gil Vicente, por exemplo?



Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!