sábado, 23 de abril de 2016

Vem aí Jonathan

A próxima série de BD de expressão francófona que a parceria Público/Asa vai distribuir é Jonathan, do suíço Cosey. Nas próximas dez semanas, dez álbuns, a preço módico. Já tenho aquilo tudo, nas edições originais, mas estaria tentado a recomprar, não fosse um conjunto de cenas que me irritam: porque ficam seis livros por publicar e, especialmente, porque vamos negar às massas a história de Casimir Forel (de O privilégio da serpente)? Porque insistem na ortografia de 1945? Porque mudam os títulos em português relativamente à primeira edição nacional (na revista Tintin)?
Bom, mas isto, sou eu a ser radical. Os que não conhecem, comprem. Afinal, no seu conjunto, é uma das mais interessantes obras da BD europeia, e a minha série favorita. Leiam devagar.





Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!