sábado, 2 de abril de 2016

Sociais-democratas, todos!

Num cenário em que todos são sociais-democratas, não se perspetiva no horizonte uma alternativa não socialista de governação e Portugal deverá – infelizmente – continuar condenado a gerir bancarrota atrás de bancarrota. Resta a duvidosa consolação de, face ao consenso social-democrata transversal, todos poderem pelo menos concordar em culpar o “neoliberalismo” pelos males que teimam em afligir o país.
André Azevedo Alves: Sociais-democratas, todos! (Observador, 2 de abril de 2016, por ocasião do Congresso do PSD).

Do blogue "O jumento".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!