quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

O país do Carnaval.

É Carnaval, é Entrudo, tanto faz.
As TV e a imprensa enchem-se de festa, alegria e tradição. O que não falta são "corsos" e "desfiles", miúdas seminuas, sotaques cariocas e batuques. Os diretos duram horas, e se em Ovar ou Estarreja chove, sempre temos a Mealhada, Loulé ou Torres Novas num canal próximo de nós.


Entretanto, aqui e ali, uma breve "nota de reportagem" dá-nos conta de costumes exóticos de outras terras. Em Podence ou em Lazarim, os caretos e os demónios fazem as delícias dos pivôs e surpreendem o português comum, esse filho desnaturado da escola e da televisão públicas.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!