domingo, 30 de agosto de 2015

Espanto.

Até o cachorro se espanta com os inteligentes de Portugal.

A polícia encontra armas nas instalações de uma entidade. Depois, encontra cocaína, em grande quantidade, na posse de dirigentes e funcionários, em carros dessa mesma entidade. Mas «eles» indignam-se, e defendem que essa entidade está acima de qualquer suspeita e que a imprensa deve evitar falar no assunto (o que a imprensa, de bom grado, faz).

«Eles» também acham que não pode chamar-se à campanha eleitoral que o chefe de um antigo governo corrupto está preso, nem lembrar que um dos candidatos a governar foi ministro e figura grada desse governo, durante vários anos. Lave-se tudo, dizem.

O benfiquismo e o socialismo como verdadeiros símbolos da estupidez nacional, com o beneplácito de uma imprensa inqualificável.

2 comentários:

  1. Excelente, caro Artur! Partilho inteiramente da sua perspectiva.

    Ah, como essa cega, quase global, estupidez galopante dá tanto jeito para encobrir interesses das minorias poderosas...

    ResponderEliminar

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!