terça-feira, 9 de junho de 2015

Canavilhas: lugar à Alta Cultura.

Acabo de ouvir a Dra. Gabriela Canavilhas

(Que, recordo aos de alma esquerdista, foi ministra da Cultura entre 26 de outubro de 2009 e 21 de junho de 2011. Durante esse período, as famigeradas obras de Miró, que pertenciam ao BPN, estiveram num armazém, escondidas de nós, que nem sabíamos que existiam. Seriam para dividir pelos amigos? Sabemos agora que, nesse período, alguns quadros saíram de Portugal para exposições no estrangeiro. Terão voltado todos?).

a falar do seu amigo José Sócrates, dizendo "o que há de vitimização em alguém que prefere ficar numa cela de prisão em vez de estar no conforto do lar, rodeado pela família? O que é que tem de vitimização preferir estar pior do que estar melhor?"


Haja paciência para esta gente da Alta Cultura. Ainda bem que o 10 de Junho está aí à porta...

2 comentários:

  1. Viva o Mexia (atenção que não é o da energia, é o intelectual), que vai ter uma venerinha!
    E, já agora, viva Portugal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enfim, se Arlindo Cunha e António Zambujo vão ser Cavaleiros, o Mexia até se aceita (o poeta, radialista e cinéfilo, não o eletricista-gestor que partilhava a Guta com JS).

      Eliminar

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!