domingo, 29 de junho de 2014

Páginas imortais 70: O espaço azul entre as nuvens

L'espace bleu entre les nuages é o quinto episódio das aventuras de Jonathan (Le Lombard e Dargaud, 1979-1980). Cosey, o autor, continuava militante da resistência dos povos do Tibete à invasão chinesa, mas começa a aproximar-nos mais da intimidade do seu personagem principal, o que fará decididamente no ano seguinte, com Kate.


A história começa com uma leitura de Winnie-the-Poo, saudando a entrada de Drolma na escola inglesa de Cachemira. Sozinho durante o semestre letivo, Jonathan viaja para o interior dos Himalaias, onde conhece o Coronel Stamford George Westmacott, apreciador de pintura impressionista e com uma paixão platónica por Shangarila, a guerrilheira khamba.
Para ajudar os guerrilheiros, o Coronel decide vender um dos seus quadros, a obra-prima "O espaço azul entre as nuvens", de Claude Monet. Mas a cobiça dos traficantes internacionais de Arte chega àqueles confins...


Este álbum, que li pela primeira vez na versão publicada na revista Tintin portuguesa, é um autêntico "introuvable". Como o quadro de Monet, apenas se pode encontrar no mercado negro (ou na edição "Intégrale - vol 2", que é a que eu tenho) .

É também um dos poucos em que a recomendação musical de Cosey é absolutamente ortodoxa. Beethoven e Chopin, em dois dos seus concertos para piano mais conhecidos.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!