terça-feira, 3 de dezembro de 2013

O Mundo visto do Centro

Nos últimos dias tem sido uma risota nas redes sociais e nos jornais online com mais um daqueles testes em que cidadãos americanos tentam, num mapa, localizar vários países (no caso, os europeus).
Os comentários afinam mais ou menos todos pelo mesmo tom, de desprezo pela ignorância dos "donos do mundo". Isto dito e escrito com aquele ar de superioridade própria dos iluminados pela geografia, bisnetos dos que deram novos mundos ao Mundo e filhos da Diáspora.

Normalmente, recomendo um tratamento de modéstia, que aqui vos deixo.
No sossego do lar, escreva os nomes dos países no sítio correto. Fiquemos pelos continentes que nos são cultural e historicamente mais próximos: Europa, América do Sul e África (eu ajudo: estão por esta ordem ali em baixo). Depois de terminar, imagine-se a fazer isto na pressão de um exame, observado por muitos e talvez até transmitido em direto pelas TV.



Terminou? Ainda se sente Mr/Ms Bing? Então, pode continuar a gozar com os americanos, que eles merecem...
Ah! Quer aumentar de nível? Tente então os Estados da Federação Americana. Para si deve ser tão fácil saber onde fica o Arkansas ou o Delaware quanto é para um americano conhecer a localização da Eslovénia e da Bielorrússia.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!