quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

O Céu e o Sol para Nadir Afonso

Hoje, nas superficiais brincadeiras com o nascer do Sol em duas Cidades, estava longe de adivinhar que morria Nadir Afonso, um transmontano do Mundo, que tanto pintou Veneza.

Se soubesse, em vez de Turner, teria escolhido esta A Cidade do Sol Nascente para comparar com o meu acordar.

A Cidade do Sol Nascente (acrílico s/ tela)



1 comentário:

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!