sábado, 16 de novembro de 2013

N-logia: Prequela I

Geopolítica

O último século da Vida na Terra é muito turbulento.
Das crises financeiras, sociais e demográficas emerge uma Nova Ordem Mundial, onde crescem quatro Blocos Globais, de curta duração.

O maior, o mais populoso, é o Império Asiático, que ocupa a metade oriental da Eurásia e as grandes Ilhas do Pacífico, até à Austrália.
É um regime governado em modelo Imperial, com Nações e Províncias que se submeteram ao Poder Financeiro e Militar, e é o único que se organiza com uma base ideológica.

O mais vulnerável, chave de todos os equilíbrios, é o seu vizinho Espaço Europeu, o único Império não militarizado, que se estende desde o Atlântico até ao interior da Eurásia.
Mantém-se uma Democracia, com governação multicêntrica e economia frágil, sempre dependente das relações que consegue estabelecer com os outros espaços mundiais.

A sul, o Império Africano vive fechado sobre si próprio, mas internamente dividido.
Resultou de duas conquistas em mancha de óleo, o Islão a partir do Norte e a Economia Baseada em Recursos Naturais, a partir do Sul, vivendo num equilíbrio de Poder que assenta numa Aliança entre estes dois Blocos.

Finalmente, o Império Americano, do Ártico à Antártida, do Atlântico ao Pacífico.
O mais poderoso, porque domina, militar e diplomaticamente, o Europeu, e assim se estende pelo Planeta.

No resto, apenas algumas Nações se mantêm neutras, devido ao seu isolamento geográfico ou por escolha dos seus Povos e dirigentes.

A Grande Crise da primeira metade do Século XXI traz guerras, revoltas, fome e destruição, mas em espaços relativamente restritos.
A escassez de recursos naturais, que impulsiona o desenvolvimento de novas tecnologias e de novos modelos sociais e territoriais, de baixo consumo energético, choca com os desequilíbrios profundos que marcam a Sociedade Global.
Os Blocos começam a organizar-se, uns dando continuidade a Processos Históricos, outros em rutura com estes.
Os conflitos entre Blocos não são de tipo bélico, mas sim uma nova Guerra Fria.
O protagonismos de Cientistas, Tecnólogos e Militares, os Projetos Secretos, as Alianças e as Traições, tudo isto faz parte da Nova Ordem.

Mas o equilíbrio é instável, e a chamada Crise das Terras Raras precipita um Conflito Global.




(Continua)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!