quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Gostei muito

Fica bem, ao Público, este gesto de humildade. Reconhecer um erro, no país dos arrogantes, é louvável.
E o casal merecia o desagravo. Ninguém tem nada a ver com a sua relação alternativa: há muito que o casamento deixou de ser o único laço digno entre um homem e uma mulher.
Ao contrário.
Mas.

Num futuro próximo, poderemos ver nos classificados pequenos anúncios do tipo "Cavalheiro, boa situação financeira, saudável, procura senhora respeitável para contrair reforma da Metro de Lisboa. Contactar este jornal".


Sem comentários:

Enviar um comentário

Esteja à vontade para comentar. E escreva na língua que lhe apetecer, mas escreva bem!